Organização Geral

O CLAF possui três órgãos administrativos: a Assembléia Geral, o Conselho Diretor e a Secretaria.

A Assembléia Geral (AG) é composta por representantes dos governos dos Estados Membros do Centro, cada qual com direito a um voto, e por um representante da UNESCO, sem direito a voto. Ela é o órgão máximo do Centro e se reúne a cada dois anos.

O Conselho Diretor (CD), eleito pela AG, é constituído de dez membros, de diferentes nacionalidades, três entre o México, América Central e o Caribe; três entre Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela e quatro entre Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Cada conselheiro tem um suplente. O CD se reúne anualmente para analisar e elaborar o programa e o orçamento do Centro e, a cada dois anos, os apresenta à AG para aprovação formal. Cabe ao CD eleger o Diretor do CLAF, que tem mandato de quatro anos.

A Secretaria se compõe de um Diretor e de pessoal administrativo. Cabe à Secretaria executar o programa do Centro de acordo com o orçamento elaborado pelo CD e aprovado pela AG.

Atualmente, além do Diretor, a Secretaria possui uma secretária acadêmica, um secretário administrativo, uma secretária da Diretoria e uma responsável do setor de documentação. O Diretor, até o momento, tem sido sempre um físico, e o pessoal administrativo são funcionários cedidos ao CLAF pelo CBPF/MCT.

Os Diretores do CLAF foram: Gabriel E. A. Fialho (de 1962 a 1968), Roberto Bastos da Costa (de 1969 a 1985), Juan José Giambiagi (de 1986 a 1993), Carlos Alberto Aragão de Carvalho Filho (de 1994 a 1998), Luis Masperi (de 1998 a 2003) e Feliciano Sanchez Sinencio (de 2004 a 2012).

Diretor Atual:
CARLOS LUIS TRALLERO-GINER (2012-2016)
 

Conselho Diretor: